UM ESTUDO SOBRE AS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO NA INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS VETERINÁRIOS

  • Leonardo Rafael Bispo Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) - Taquaritinga - SP - Brasil
  • Angelita Moutin Segoria Gasparotto Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) - Taquaritinga - SP - Brasil

Resumo

Na economia e no cenário econômico mundial, as empresas que processam e produzem medicamentos veterinários estão aumentando suas lucratividades e suas receitas conforme se adequam a um fator muito importante na produção de fármacos-veterinários, que é a qualidade nos seus processos e serviços. Neste ambiente, a concorrência por melhorias vem alcançando níveis de eficiência muito altos em relação às metodologias de qualidade. Uma organização que se adapta a essas necessidades cada vez mais é cobrada por órgãos vigentes e regulamentadores que, sem dúvida, não pode ficar sem essas adequações importantes. Tais órgãos têm a competência de manter estes padrões e estabelecerem as organizações padrões que sugerem a melhoria dos processos e produtos destinados a esse segmento. O artigo mostra as etapas de implantação em uma indústria de medicamentos veterinários, seus processos em meio à metodologia aplicada e seus desafios. Cabe salientar que os objetivos que as boas práticas de fabricação (BPF) seguem seus padrões em todo o fluxo operacional, desde o fornecimento de matérias primas até o produto acabado para os setores de expedição e logística.  

Palavras-chave

Publicado
17/12/2017
Como citar este artigo
BISPO, Leonardo Rafael; GASPAROTTO, Angelita Moutin Segoria. ESTUDO SOBRE AS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO NA INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS VETERINÁRIOS. Revista Interface Tecnológica, [S.l.], v. 14, n. 2, p. 12, dez. 2017. ISSN 2447-0864. Disponível em: <http://159.203.166.88/index.php/interfacetecnologica/article/view/178>. Acesso em: 17 jan. 2018.
Formatos para citação deste artigo
Seção
Tecnologia em Produção Industrial