A ABORDAGEM DE REDES PARA O ESTUDO DO DESENVOLVIMENTO LOCAL

  • Guilherme Augusto Malagolli Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Angelita Moutin Segoria Gasparotto Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil

Resumo

Definir uma métrica para o desenvolvimento local nem sempre é uma tarefa fácil. Na tentativa de quantificar o desenvolvimento de um determinado local, frequentemente se recorre a indicadores isolados, como aumento do nível de renda per capita ou índices de qualidade de vida. Neste contexto, a abordagem de redes é de fundamental importância para a compreensão do ambiente em que ocorre a interação estratégica dos atores e organizações, que são dependentes de vários recursos, como os financeiros, tecnológicos, organizacionais, políticos, jurídicos e constitucionais. O estudo de redes tem se destacado entre as organizações como uma forma de cooperação em busca de competitividade. Porém, a maioria das empresas brasileiras ainda não sistematizou o trabalho em rede, envolvendo tanto instituições de ensino superior quanto entidades governamentais. O objetivo deste artigo é, portanto, apresentar a abordagem de redes como forma de se compreender o desenvolvimento local, sob o viés de revisão bibliográfica.

Palavras-chave

Publicado
29/07/2017
Como citar este artigo
MALAGOLLI, Guilherme Augusto; GASPAROTTO, Angelita Moutin Segoria. ABORDAGEM DE REDES PARA O ESTUDO DO DESENVOLVIMENTO LOCAL. Revista Interface Tecnológica, [S.l.], v. 14, n. 1, p. 13, jul. 2017. ISSN 2447-0864. Disponível em: <http://159.203.166.88/index.php/interfacetecnologica/article/view/145>. Acesso em: 21 nov. 2017.
Formatos para citação deste artigo
Seção
Tecnologia em Gestão Empresarial